Tour Sensorial em 2050: agende sua visita para conhecer objetos extintos

O cheiro. Vocês não imaginam que delícia é o cheiro.

Um perfume diferente dos novinhos, um frescor e tudo fechadinho. Você abre com cuidado para não machucar. Cada pedaço liso e brilhante…

Um pêssego, quer dizer, pele de pêssego.

Deslizar os dedos na frente ou atrás para sentir a textura é um êxtase, mas a maioria gostava dos velhos. Rugas, marcas do tempo e dobras frente e verso. Isso olhando por fora. Dentro você só sabe depois de certa convivência e aí tinham as surpresas. Umas manchas, umas palavras escritas, desenhos. Tatuagens que as pessoas faziam para dizer

“É meu!”

Vocês podem acessar seu chip olfativo e sentir o cheiro dos dois livros que eu citei. Em 2050, perto da extinção, foram armazenados odores, texturas das páginas, vários tamanhos e os gêneros disponíveis. Na época o governo proibiu toda forma de literatura até 2030, mas escritores, editoras e livrarias entraram com recursos que se estenderam até o prazo máximo. E graças a eles temos esse pedaço de história para vocês conhecerem 20 anos depois do fim.

Nesse nosso tour não posso deixar de mostrar as livrarias. Fiz uma viagem no tempo com o drive vibração para um curso de extensão em objetos e lugares extintos. Que sensação boa uma livraria. Prateleiras cheias deles. Umas poltronas para sentar e ler uns trechos. Tinha café também. No arquivo salvo em seu sistema neural deixei essa opção para vocês acessarem.

E para completar, depoimentos dos autores. Aconselho ativarem o sistema neuro afetivo para apreciarem o amor e a dor de tudo que se perderia sem os livros.

Nosso tour termina em poucos minutos. Vou abrir para perguntas e depois toda essa experiência será deletada de seu chip neural da parte racional e afetiva por ordem do governo. Só terão acesso como estudo da história. Perguntas?

— O que é um pêssego?    

Joseane Pesuschi

Especialista em algumas coisas e nexialista em todas as outras! Contadora de histórias, escritora, artista, colagista e marketeira digital. Louca pelo WordPress, palavras-chave e produção de conteúdo.